Como manter a calma

É possível manter-se calmo até mesmo em situações adversas e nas mais diferentes ocasiões. Dependendo do seu nível de desenvolvimento, pode ser um pouco mais difícil, porém com o tempo e dedicação isso se tornará  algo natural para você. Claro que não significa que você nunca mais irá perder a calma, mas vamos trabalhar pensando nas suas reações, não no sentimento em si.

Separei algumas dicas que irão te ajudar a se manter calmo em todas as situações. Vamos a elas:

1) Entenda que sua reação é proveniente de pensamentos/sentimentos

Todo pensamento/sentimento traz consigo uma reação (consequência). Muitas pessoas que são vistas como “pavio curto”, que gritam com facilidade e são muito agressivas, na verdade estão apenas demonstrando (às vezes exageradamente) seus sentimentos negativos.

Em alguns aspectos isso pode ser benéfico, mas quando torna-se muito frequente, pode trazer sérios problemas de relacionamentos. Estar sentido raiva é complemente aceitável, mas ser agressivo com o outro por este motivo, já é outro história.

 2) Pense muito antes de agir

A fala “eu agi sem pensar porque estava com raiva” é muito comum, mas ao mesmo tempo pode ser considerada como uma inverdade, tendo em vista que todos os nossos comportamentos são planejados. Desta forma, é preciso distinguir o sentimento de raiva com os comportamentos agressivos. Existem muitas maneiras de demonstrar estar com raiva.

Quando acontecer algo que te deixe chateado ou realmente bravo, pense sobre seus sentimentos e pense também no que você pode fazer para demonstrá-los de uma forma não agressiva, sem que interfira no outro. Uma boa maneira de evitar o comportamento negativo é pensando nas consequências deste comportamento.

[bullet_block large_icon="53.png" width="" alignment="center"]

  • Lembre-se: mesmo que tenha sido outra pessoa quem te fez sentir raiva, este sentimento é seu e somente você poderá lidar com ele.

[/bullet_block]

 3) Comunique seu sentimento

Algo bem simples que nos ajuda a amenizar alguns sentimentos negativos, mas que não é muito comum que façamos, é comunicar sobre estes sentimentos.

Por exemplo, quando você fala em público e isso te deixa muito nervoso, somente o fato de comunicar aos ouvintes que você está se sentindo assim, além de quebrar o gelo faz com que você sinta-se mais confiante em continuar a falar.

O mesmo ocorre com a raiva e outros sentimentos negativos. Ao comunicar para o outro “neste momento eu estou sentindo raiva, por isto e por aquilo” já faz com que você amenize este sentimento, dando oportunidade para o outro também deixar isto passar para que possam seguir adiante.

O fato de comunicar o que você sente, dependendo do momento, pode fazer com que o outro faça o mesmo, transformando a interação mais sincera e verdadeira, evitando muitos problemas.

É melhor falar pra sua namorada que não gosta de uma coisa que sair gritando com ela quando não aguentar mais, não é verdade?

 4) Respire

Nada melhor para colocar seus pensamentos no lugar e evitar o agir “sem pensar” do que oxigenar seu cérebro. A respiração traz múltiplos benefícios, principalmente em momento de tensão. Existem exercícios de respiração que você pode fazer quando sentir que está prestes a perder o controle.

O interessante é sempre respirar fundo com o nariz e soltar lentamente, várias vezes. Enquanto faz isso, você pode pensar sobre os sentimentos e como você irá reagir à está situação.

 5) Entenda a situação

Cada situação requer um tipo de reação. Por isto é preciso perceber a situação em si para poder agir. Às vezes se faz necessário reagir agressivamente para que seja realizado o que você quer (alguns problemas mais complexos, como quando as pessoas podem resolver sues problemas mas estão enrolando, como em bancos por exemplos ou um cara que não te respeita), mas isso é para último caso. A maioria das situações podem ser resolvidas sem que você se altere, mantendo o respeito e conversando com o outro de uma forma não agressiva.

[bullet_block large_icon="53.png" width="" alignment="center"]

  • Lembre: ser firme não significa ser agressivo.

[/bullet_block]
É mais comum perder o controle em situações familiares, mas na verdade estas são as situações das quais mais devemos nos manter calmos e respeitosos para com o outro.

6) O estresse pode ser um inimigo

Se você está frequentemente se sentindo enfurecido e qualquer coisinha está te tirando do sério, isto pode ser sintoma de estresse, que além de trazer problemas nos relacionamentos também trazer problemas físicos muito graves.

Nesses casos é preciso modificar alguns aspectos da sua vida, sendo necessário também a buscar por ajuda de um profissional qualificado. A principal característica do estresse é a super-reação por coisas que não deveriam ser tão incômodas assim.

 7) O exercício físico pode ser um aliado

O exercício físico traz muitos benefícios para a saúde. Um deles é que no momento do exercício são liberados hormônios de prazer e de sentimentos de relaxamento. Desta forma, o exercício físico bem praticado pode servir também para que você consiga manter a calma, sentir-se relaxado e, principalmente, pronto para qualquer situação.

O yoga e a meditação também são alternativas para casos mais sérios, que com o tempo podem transformar o modo negativo como a pessoa opera atualmente.

» NUNCA MAIS FIQUE SEM ASSUNTO