O que fazer quando a família dela não aprova a relação

Algumas relações acabam não funcionando e chegam ao término por causa da família de um dos envolvidos e não necessariamente por problemas conjugais. As famílias têm grande influencia na relação, seja de forma direta ou indireta. Quando uma relação começa sem a aprovação dos familiares, as chances de ela perdurar são muito baixas, principalmente se você não fizer nada para conseguir esta aprovação.

Dessa forma elaborei algumas dicas do que fazer quando a família não aprova a relação amorosa de vocês, principalmente quando for a família da parceira que não está aceitando a relação. Vocês precisam trabalhar juntos para modificar a questão, pensando no futuro do relacionamento. Vamos às dicas:

1. Descubra quem realmente não está aceitando essa relação

Quando falamos que a família não aceita a relação podemos pensar que todos os familiares não estão aceitando-a, quando na verdade é apenas uma das pessoas da família que se sente assim e acaba influenciando o restante da família. Geralmente é o pai ou a mãe que é contra a relação - e eles são os que mais possuem influência na família. Quando é um irmão que não aceita, o problema pode ser menor, devido a influencia dele ser menor, mas isso não significa que vocês não terão problemas.

Você pode descobrir quem realmente não está aceitando o seu relacionamento levando em consideração a forma como os familiares, separadamente, te tratam.

Geralmente a pessoa que não está aceitando e está influenciando os outros tende a te tratar de forma mais negativa do que os demais.

2. Busque os motivos que fazem a pessoa não aceitar a relação

Após compreender qual dos familiares não está aceitando o relacionamento, é importante se concentrar nos motivos que estão fazendo isso. Os motivos podem ser explícitos, ou seja, podem ser motivos que já são do conhecimento de todos, como por exemplo se você tiver uma relação ruim com essa pessoa ou se a família de vocês já tiveram algum desentendimento. Ou podem ser motivos implícitos, ou seja, motivos que não são do conhecimento de todos. Sendo mais difíceis de serem descobertos. Esses motivos geralmente estão relacionados às expectativas dessas pessoas para sua filha.

Isso significa que pode ser um pouco mais complicado descobrir os reais motivos para essa não aceitação. É imprescindível que você descubra esses motivos. É importante também que você não se revolte com esses motivos, apenas tente entendê-los para modificá-los.

A maneira mais fácil é pedir para a sua namorada descobrir, afinal é a família dela e cabe a ela coletar essas informações.

3. Descubra a pessoa que pode aceitar mais facilmente a relação

Caso realmente seja apenas uma pessoa que não está aceitando o relacionamento, é comum que as outras aceitem melhor, mesmo que não demonstrem isso. Por exemplo, se você conseguiu perceber que é o pai da sua parceira que não está aceitando e está influenciando todo o resto da família dela, mas vê que a mãe dela, mesmo sendo influenciada, pode aceitar mais facilmente. Essa informação é muito importante para que você consiga modificar a história, pois é através dessa pessoa que você irá tentar conseguir a aceitação do restante da família.

4) Junte essas informações e comece a agir

Agora que você já descobriu quem não está aceitando a relação, os seus principais motivos para essa não aceitação, e quem pode aceitar melhor essa relação, está na hora de agir. Como você já sabe os motivos dessa não aceitação, tente demonstrar que esses motivos estão incorretos e não condizem com a verdade, ou que pelo menos, você pretende mudar alguns desses aspectos para estar nessa relação. Mostrar como o seu relacionamento é importante para você também ajuda muito.

Para fazer isso, você pode começar se aproximando dessa pessoa que você percebeu que melhor aceita a relação. Aproximando-se dela e criando um vínculo, é possível demonstrar quão infundados estão os motivos para a não aceitação da relação.

Se você conseguir fazer um bom vínculo, é possível que essa pessoa comece a influencia positivamente o restante da família para que aja uma melhor aceitação da relação. Ela pode até mesmo influenciar a pessoa que não aceitava, para que ela comece a aceitar a relação. Quanto mais pessoas da família começarem a aceitar vocês juntos, mais fácil vai ficar para que esta pessoa que não aceitava, comece também a aceitar o relacionamento.

5) A aceitação se faz por convivência

A sua relação com a família dela é muito importante para que aconteça essa aceitação. Portanto é preciso ser paciente e tentar alcançar essa relação de pouco em pouco, até que o seu relacionamento com a sua parceira torne-se algo natural para eles. Independente dos motivos dessa não aceitação, você pode mostrar para todos que a relação de vocês realmente tem futuro e que você está querendo modificar os conceitos negativos que eles possam ter a seu respeito. O convívio com a família dela é importante, assim como, demonstrar querer esta aceitação. Se você simplesmente achar que a família dela não te aceita e começar a evitar a família, o problema poderá se agravar.

6) Em alguns casos é necessário desistir

Caso você sinta que todas as suas tentativas não estão levando a lugar nenhum, existem duas possibilidades. Ou você precisa trocar de estratégia ou você precisa realmente desistir dessa relação. Somente você poderá saber qual caminho deve tomar. Mas é imprescindível que você saiba que a família, tanto a sua quanto a dela, são partes fundamentais do relacionamento, e que acompanharão vocês pelo resto da relação. A família portanto tem grande influencia tanto no término quanto na continuação de um relacionamento, podendo fazer com que ele seja saudável ou não. Tendo isso em mente pode ficar mais fácil decidir o que fazer.

» NUNCA MAIS FIQUE SEM ASSUNTO