Sintomas da falta de privacidade no relacionamento

A privacidade é imprescindível para qualquer tipo de relacionamento, principalmente para os relacionamentos amorosos. Ter privacidade significa ter um relacionamento saudável, duradouro e funcional, enquanto a falta de privacidade pode trazer conflitos e até mesmo fazer com que a relação chegue ao fim.

Se você está passando por alguma dificuldade no seu relacionamento, a culpa disso pode ser a falta de privacidade. Por isso separei alguns dos principais sintomas da falta de privacidade na relação para você percebê-los e modifica-los antes que atrapalhem ainda mais o seu relacionamento.

1) Falta de vontade de estar com a parceira

Geralmente quando há a falta de privacidade em um relacionamento, significa que os integrantes estão passando muito tempo juntos, mas esse tempo não está sendo proveitoso nem agradável. Por isso, a falta de vontade de estar com a parceira é um dos principais sintomas da falta de privacidade na relação.

É comum até mesmo que o tempo que você esteja passando com sua parceira seja prazeroso, mas como é demasiado, você passa a não querer que ela esteja com você e, isso nos leva ao próximo tópico.

2) Vontade de sair sozinho

Essa vontade de ficar sozinho pode surgir principalmente quando a parceira está ao seu lado, pois você pode sentir que é melhor fazer o que vocês estavam fazendo antes, sozinho, para melhor aproveitar o seu tempo. Isso acontece porque a presença constante dela passa a ser algo negativo para você.

Para que isso deixe de ocorrer é importante que você consiga estabelecer horários e momentos para estar com a sua parceira e momentos para ficar sozinho sem ela. Com o tempo você pode até começar a sentir falta da companhia dela e isso significa que você está conseguindo restabelecer a sua privacidade.

3) Diminuição do desejo sexual

Se você passa muito tempo com ela e deseja ficar sozinho, é muito comum que você também não sinta mais vontade de transar com ela, afinal, a presença dela, como já foi dito, não está sendo agradável. Em alguns casos, o homem passa a preferir a masturbação ao sexo com a parceira, mas como não há privacidade no relacionamento, nem isso ele irá conseguir fazer.

Se o relacionamento já chegou a esse ponto é muito importante que você tome medidas para melhorar a privacidade na relação, caso contrário ela terá um término breve.

 

4) Incapacidade de separar o que é seu e o que é dela

A falta de privacidade traz consigo também a partilha de coisas que não necessariamente deveriam ser compartilhadas em uma relação e, com o tempo, isso pode fazer com que você não consiga mais saber que é seu e que é dele e principalmente pode fazer com que você sinta que pode usar tudo o que é dele e ela pode usar tudo o que é seu. E isso demonstra o quanto sem privacidade está essa relação.

Saber separar o que é seu e o que é dela é conseguir manter a ordem no relacionamento e mostrar que cada um precisa de sua privacidade para continuar tendo uma relação saudável, afinal, são duas pessoas completamente diferente que estão em um relacionamento, precisando ter coisas diferentes um para o outro.

5) Vontade de terminar a relação

Como consequência de tudo o que falamos até aqui, a vontade de terminar a relação acaba tornando-se inevitável, afinal o relacionamento com a falta de privacidade traz muitos conflitos e sentimentos negativos, fazendo com que você sinta que deve realmente terminar a relação para não ter mais contato com ela. Isso é completamente compreensível.

Para evitar que a relação chegue a esse ponto, é preciso trabalhar desde o inicio a privacidade e o “contrato” entre que pode ou não ser feito no relacionamento de vocês, evitando assim um grande problema futuro.

[bullet_block large_icon="53.png" width="" alignment="center"]

[/bullet_block]

[feature_box style="1" only_advanced="There%20are%20no%20title%20options%20for%20the%20choosen%20style" alignment="center"]

Quer receber mais dicas grátis sobre relacionamentos? Clique aqui e receba por e-mail.

[/feature_box]

» NUNCA MAIS FIQUE SEM ASSUNTO