Terrorismo emocional e indiferença com as tops

Terrorismo emocional e indiferença com as tops

Como já foi exaustivamente explorado aqui no blog, precisamos ter uma postura completamente desapegada e indiferente em relação à pretendente. Não importa se você vai pegá-la ou não; não interessa se as atitudes dela condizem ou não com suas expectativas; se ela vai querer sair com você no próximo sábado ou se a mesma deixou de ser atenciosa, prestativa e educada com você. Ela é só mais uma. Iguais a ela existem centenas de milhares. Com o desenvolvimento dos recursos estéticos e dos hábitos, mulheres bonitas são espécies cada vez mais comuns. Não faz sentido dar muita importância a um bem que é cada vez mais abundante.

Não se apegue, não permita ser emocionalmente aprisionado, não se rebaixe. Não se preocupe em agradá-la ou em ganhar a aprovação dela. Encare a presença física dela como algo irrelevante, como se fosse um saco de cimento falante que estivesse ali. As opiniões dela devem ser tão importantes para você como seriam as bobagens ditas por um mendigo bêbado. Ignore e se divirta com os inúmeros testes, jogos e chantagens que ela fizer, pois quando ela perceber que não estão surtindo o efeito previsto, ficará completamente vulnerável, sem reação, e totalmente admirada com a força da sua personalidade e com o seu equilíbrio emocional. Esse tipo de comportamento é irresistível para as mulheres porque ele demonstra superioridade e distinção. Homens assim, na mente delas, devem ser sujeitos com muitas outras coisas interessantes a se preocupar do que com elas, que são insignificantes.

É dessa forma que devemos agir em relação às pretendentes mais comuns, as bonitas e bem bonitas. Entretanto, quando se trata das mais lindas, das top de linha, essa estratégia não é a mais adequada. Primeiro, porque como as lindíssimas possuem um ego e uma confiança mais elevados, elas podem encarar essa indiferença como uma simples manifestação de covardia e falta de atitude. Em virtude da falta de confiança, da baixa autoestima, e da ausência de traquejo do sujeito em lidar com mulheres muito belas, ele se previne dos riscos da rejeição e do desdém delas fingindo indiferença.

Segundo, porque a tática da indiferença total em relação às mulheres lindas já é algo amplamente difundido, conhecido e aplicado, elas já sabem que o sujeito está fingindo indiferença porque é ciente que a maioria dos babacas pagam pau pra ela e quer ser diferente de todos. Mas o otário não percebe que, hoje em dia, ser indiferente com mulheres lindas já é um comportamento muito previsível e utilizado em larga escala. Não existe mais ninguém agindo diferente. De um lado, uma infinidade de pns bajulando, buscando aprovação, sendo prestativo, amigo, etc. Do outro, inúmeros caras, que viram em algum manual da Internet como tratar as mulheres lindas, sendo indiferentes e fingindo falta de interesse.

A melhor estratégia a ser seguida com esse tipo de mulher é o “terrorismo emocional”.Você precisa causar uma impressão marcante e duradoura. É necessário desafiá-la, questioná-la, desmerecê-la. Você precisa exercer uma dominância sufocante e intransigente. É importante incomodá-la com a sua presença forte, com as suas opiniões corajosas e com o seu comportamento dominador. Contrarie o que ela diz, desaprove o que ela faz, recrimine o que ela sente. Mas, em nenhum momento, pode deixar transparecer suas verdadeiras intenções de pegá-la e o grande encanto que a beleza dela causa em você. Entretanto, simultaneamente, faz-se mister que você freqüentemente a trate com uma atenção e um interesse quase que paternal, sendo gentil, carinhoso, cuidadoso, agindo com o zelo e o amor que um grande mestre age em relação a um de seus discípulos mais queridos.

Esse seu comportamento vai deixá-la confusa, insegura, vulnerável e completamente perdida, sem saber como se defender de tanta ousadia e imprevisibilidade. É por isso que eu chamo essa estratégia de “terrorismo emocional”.Você precisa agir assim inicialmente porque, como eu já disse, é necessário criar uma primeira impressão marcante e indelével. Depois que isso tiver sido feito, aí sim será o momento de ser indiferente com ela, da forma como eu descrevi a indiferença no início deste artigo. Ela vai questionar os motivos pelos quais você não mais dá atenção a ela. Vai sentir falta da sua segurança e das emoções que a sua imprevisibilidade e ousadia oportunizaram a ela, algo completamente diferente dos pns previsíveis, chatos, fracos e melosos, e dos indiferentes covardes e apáticos. E vai ser nessas circunstâncias que você vai partir para o ataque e traçá-la.

11 Replies to “Terrorismo emocional e indiferença com as tops

  1. Eu fiz essa conta com duraçao de 1h mais nao consigo ver os podcasts, pra ver como é e futuramente pagar

  2. Eu sei Charlie_harper , o problema é q eu so menor nao tenho dinheiro e nem coragem de pedi pra mim pra pode acessa um blog q ajuda a pegar mulher.. kkkkk, Se eu pudesse, pagava com certeza ,sei q vale mt a pena =)

    1. Com uma quantia minima mensal voce tem acesso a todos os posts Alfatop, esse foi muito foda, mas a qualidade de todos os outros eh incontestável.

Comments are closed.